sábado, 25 de outubro de 2008

PEREGRINOS DA ESPERANÇA EM BUSCA DA FONTE DE ÁGUA VIVA!!




Saímos em peregrinação para uma “Terra Santa”...era meado do mês de outubro do ano 2008. A chuva caia tranqüila e prometia um friozinho ameno, daquele tipo que traz disposição para caminhar. Chegamos logo pela manhã, mas o sol ainda insistia em se esconder por entre as nuvens pesadas. O cansaço do corpo, que relutava com as 11 horas de viagem, não conseguiu superar o espírito que exultava de alegria...isso não importava...o coração estava disparado só de vislumbrar a entrada daquela cidade de povo simples...cidade com um jeito paulista, misturado a uma paisagem bem mineira, com muitas montanhas moldurando o cenário de um verde encantador!
Estávamos em Cachoeira Paulista, cidade do interior do estado de São Paulo, cortada pelo Rio Paraíba, detentora de uma beleza natural adornada por inúmeras cachoeiras...eis que adentramos ao berço da nossa querida Canção Nova!
Silenciosamente eu agradeci a Deus pelo privilégio daquele momento...quantas maravilhas Ele faz por nós!!! Quando meus pés tocaram, pela primeira vez, o solo sagrado da Canção Nova, uma emoção muito intensa inundou minha alma, meu corpo, meus pensamentos...a vontade era cair de joelhos e chorar feito criança...era sair pulando de alegria e pura felicidade...confesso que tive que me controlar!
As pessoas andavam rapidamente para algum lugar que eu ainda não sabia bem onde ficava...seguimos o fluxo daquele povo que tinha um grande sorriso nos lábios e um intenso brilho no olhar...todos queriam beber da “água viva”...e a fonte estava tão próxima!!!
Fomos, aos poucos, nos acomodando... então, tudo começou: os anjos do senhor, missionários daquela terra bendita, soltaram sua vozes...a unção das músicas, das orações, foi tocando cada alma ali presente, alimentando o nosso espírito e tudo estava conforme o desejo divino naquela hora. Éramos todos peregrinos da esperança na “Terra Prometida” por Deus...terra onde jorrava bênçãos e alegrias! Outros anjos, vindos do céu, passeavam entre a multidão... dava até para sentir o seu perfume...o toque suave de suas asas passando por nós! Tudo tão especialmente preparado...isso só pode ser coisa do Pai das Misericórdias que recebia e acolhia, naquele encontro, os seus filhos pródigos!
A vibração daquele povo sofrido em busca das curas e a alegria daqueles que viviam momentos de graça foi envolvendo os corações...o Espírito Santo foi lavando toda tristeza, e tudo se transformou em bençãos!!!
Eis que entrou aquele que conduziria nossa formação...e o que falar desse homem, desse Padre chamado Fábio de Melo? Com o seu olhar manso, veio se fazendo pai de cada um de nós...crianças, jovens e idosos...veio mostrando, com o seu jeitinho mineiro de ser, que a vida pode e deve ser bem melhor.Pe Fábio tem o olhar de Jesus...ele nos apresenta, a cada palavra dita, recitada ou cantada, o nosso Jesus maravilhoso que arrebata multidões. Traz, em suas canções, um Jesus que nos faz sonhar com uma vida cheia de esperanças...nos mostra um Deus que cuida de nós e enxerga com compaixão as nossas limitações. Um Deus que quer ressuscitar nossos sonhos e não quer que prolonguemos os nossos sofrimentos...nos apresentou o Pai que tem pressa em nos fazer felizes!
Pe Fábio, o senhor é um semeador do amor e da esperança no solo das nossas almas!!!!!!!!!!!


Sou peregrina da esperança...em busca da fonte da “água viva”!!

Foi assim que te encontrei, minha querida Canção Nova!!!

Terra de cachoeiras paulistas...

Terra Santa e prometida por Deus...

O Criador caprichou na feitura das suas curvas

Ornamentou a sua paisagem com tanto encantamento

Banhou sua natureza com água em abundância

Abençoou essa terra com um “Cântico Novo”!!!

O Bem-Te-Vi vem, todas as manhãs, para despertar esse seu povo missionário,

anjos do Senhor nessa Terra Sagrada

Anjos que vivem para “amar e evangelizar”

Levam a boa nova pelos confins da terra

Buscam formar “homens novos para um mundo novo”

Eis que dentro de mim o Bem-Te-Vi também veio cantar

Eis que o Espírito de Amor veio ser ”doce hóspede de minha alma”

Quero entoar uma “Canção Nova”

Quero beber, hoje e para sempre, da sua fonte de “água viva”!!!!!!!!

2 comentários:

dskaster disse...

Oi, Regina!

Fico muito feliz em ver o quanto está o amor de Deus está frutificando em seu coração e através dos seus textos.

Deus te abençõe, sempre!

Abraço! Daniel (Cefas)

Edilaine disse...

Oiee
Nossa, só de ler seu texto, fiquei arrepiada...
Você me transportou pra lá com suas palavras...
Vi nas fotos a multidão, que coisa linda!!!
Realmente foi um encontro com Ele, apesar do cansaço estampado no rosto, seus olhos brilhavam de alegria.... que vontade, mas em março eu vou!!!
Beijosss

Obs. O blog tá lindooooo, abençoadoo