quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

TEMPO DE ESPERA...mais um advento em nossas vidas


Estamos iniciando o Tempo do Advento, tempo de espera, regado com muita alegria...ficamos na expectativa da chegada do nosso querido Menino Jesus, que se faz pequenino para caber dentro dos nossos corações.
O Natal é celebrado todos os anos para que não esqueçamos: Ele nascerá de novo em nossas vidas...na verdade Ele permanece na nossa história de uma forma tão suave, em tudo o que nos acontece...precisamos percebê-lo com os sentidos sempre aguçados.
No evangelho do dia 29/11/09, Lucas, capítulo 21, versículo 34, encontramos uma recomendação importante do nosso Mestre Jesus: "...que os vossos corações não se tornem pesados com...as preocupações da vida". Como isso é difícil, não é mesmo?
O coração pesado não consegue perceber a suavidade do Mestre! O seu coração anda pesado...você se pré-ocupa demais?
A minha vida é povoada de pré-ocupações...sempre de olho no que poderá acontecer, tentando prevenir problemas, buscando proteger a família dos dissabores do cotidiano. São os “medos contemporâneos”, desgastes inúteis...coração atribulado!!
Preciso aprender mais sobre o Tempo do Advento...necessito entender sobre esse "tempo grávido" de esperanças e de fé...preciso gestar em mim uma fé transbordante, que cura os meus medos. O meu coração tem que estar puro, limpo, preparado para receber Jesus.
Neste advento preciso resgatar a oração silenciosa de minha alma...necessito abraçar a criança que vive por lá...é um caminho bonito...resgatar a alegria nas coisas simples da vida.
Caminhemos para Belém nesse tempo...uma peregrinação silenciosa, na busca do nosso Deus que se faz criança e, na fragilidade que lhe é própria, nos aguarda. Ele espera por nosso carinho, nosso abraço, nosso cuidado!!!
Eu preciso disso...busco Jesus cada vez mais presente no meu caminhar, aliviando meus pesos, pois só assim eu posso crer na pureza dos olhares...posso ter esperanças em um mundo mais bonito!!

Um abençoado tempo de advento para todos!!

Abraços de esperanças!
Fátima Regina

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

CONTEMPLANDO MARIA DE NAZARÉ...SUAVE CAMINHO PARA CHEGAR A DEUS

Mais um dia se finda em Nazaré, uma pequena vila da Galiléia, rodeada de colinas, delimitada por um ribeiro que tudo faz florescer. As casas do vilarejo, construídas no prolongamento de grutas naturais, abrigam pessoas simples.

Os últimos raios de sol emprestam um lindo colorido ao céu...a temperatura agradável traz conforto aos poucos habitantes daquele lugar. Os pássaros juntam-se em revoada, cantarolando uma bela sinfonia, e procuram um abrigo para a noite que já está chegando.

Em uma daquelas pequenas casas encontramos uma mulher de rara beleza. O silêncio envolvia a cena. Ela estava ajoelhada, de olhos bem fechados, orando, com o semblante iluminado e repleto da mais pura paz...era Maria, a nossa Virgem Maria de Nazaré, noiva de José, um carpinteiro de bom coração.

Um facho de luz entra, suavemente, pela fresta da porta daquela casa e o silêncio da oração de Maria foi interrompido pelas palavras de um anjo do Senhor...era o Anjo Gabriel...Maria se assustou com a presença desse ente...

“Entrando, o anjo disse-lhe: Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo Perturbou-se ela com estas palavras e pôs-se a pensar no que significaria semelhante saudação. O anjo disse-lhe: Não temas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus. Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus (...) Maria perguntou ao anjo: Como se fará isso, pois não conheço homem? Respondeu-lhe o anjo: O Espírito Santo descerá sobre ti, e a força do Altíssimo te envolverá com a sua sombra. Por isso o ente santo que nascer de ti será chamado Filho de Deus (...)porque a Deus nenhuma coisa é impossível. Então disse Maria: Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo afastou-se dela.” (Lucas 11, 28-38)

Diante dessa situação tão imprevista, Maria ouve, desejosa de conhecer a verdade, e tem uma atitude simples, delicada. Ela revela total adesão à palavra do Senhor e nos mostra o que é ter confiança plena na vontade de Deus. Mulher firme e de fé a nossa doce Maria! Fé de uma mulher de coração puro e simples.

Deus buscou a simplicidade e a ternura de Maria para realizar o Seu sonho de Pai. Nasceu, através dessa Santa Mulher, o nosso Menino Deus, salvador da nossa humanidade.Maria ensinou ao Filho uma porção de coisas. Com Ela o Mestre aprendeu a falar, a dar os primeiros passos e entendeu o valor dos pequenos gestos da vida humana.

Maria, a virgem do silêncio, foi capaz de guardar tudo no seu coração, com humildade, e nunca duvidou das promessas de Deus. O grande exemplo de vida que Maria nos dá é sua disponibilidade em estar a serviço do Senhor, a capacidade de se colocar à disposição de um projeto que Ela mesma não sabia como aconteceria, mas, afinal, vindo do seu Senhor, só podia ser algo bom.

O prodígio realizado na singeleza de Maria também pode acontecer em nossas vidas. Deus continua procurando a simplicidade para realizar milagres. A mesma força do Espírito Santo, que gestou Jesus no ventre abençoado de Maria, quer fazer o impossível em nós...quer gestar em nosso coração a simplicidade, a paz e o amor, capazes de transformar o mundo!

Viver como Maria nos torna alegres e esperançosos. Beber da fonte da espiritualidade de Maria é trilhar um suave caminho para chegar a Deus...é buscar a força da caridade que tudo pode transformar, sem medo de assumir riscos. Basta acreditar e dizer: Eis-me aqui Senhor...faça-se em mim segundo a Tua palavra! Amém!!

Nossa Senhora da Graças, rogai por nós!!!!


sábado, 6 de novembro de 2010

SER SANTO...será essa uma missão possível?


No dia 1º de novembro celebramos o “Dia de Todos os Santos” e relembramos o exemplo de vida que eles nos deixaram. Pessoas santas que passaram por este mundo fazendo o bem, apesar das dificuldades e muitas lutas. Nesse momento nos recordamos, também, que todos nós somos chamados à santidade e esta afirmativa é baseada no que está escrito na primeira carta de Pedro 1, 15: “...como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver”. Esta é uma recomendação de zelo sobre o que se sentimos, pensamos, dizemos e fazemos.
Nessa palavra somos convocados a ser os santos dos dias atuais! Essa frase é perturbadora!! Você pode até achar um tanto quanto exagerada e dizer que isso é impraticável...que é exigir demais. Afinal, com tanta imperfeição pairando sobre as nossas cabeças, não há possibilidade de se alcançar essa santidade. Será?? Eu venho aprendendo a observar com mais cuidado esses sinais divinos, venho ouvindo mais vagarosamente as coisas que Deus quer para a vida humana e acredito que, hoje, cada um de nós é chamado a ser verdadeiramente santo!
Para isso, eu peço que você se desnude dos seus pré-conceitos e reflita comigo: mas que santidade é essa?? Qual a santidade possível na atualidade? Diante de tanta confusão do homem, como podemos almejar esse nível de proximidade com a vontade de Deus para a nossa caminhada?
Todos nós somos santos militantes, estamos nesse mundo pelejando, combatendo para que possamos ter dias de mais união, de mais dignidade...vivemos constantemente em território de missão sagrada na nossa casa, na família, no ambiente em que trabalhamos, na comunidade religiosa que freqüentamos.
É na lida diária que a nossa santidade se estabelece...no nosso comportamento diante dos problemas, dificuldades e também diante dos sucessos e vitórias. Acredito que cada um de nós está no lugar certo, na hora certa...realizando as funções e atribuições para as quais o nosso Criador nos enviou. Temos que nos aprimorar, fazer a cada dia algo melhor...acrescentar algo de bom na feitura da vida, porque são os pequenos gestos que podem fazer a diferença para os que passam por nós.
Não precisamos fazer coisas grandiosas...isso não é necessário. São Vicente de Paulo costumava dizer que “um cristão não deveria fazer coisas extraordinárias, mas sim fazer extraordinariamente bem as coisas ordinárias”. Tenho que concordar com o Santo.
Somos chamados a ocupar o nosso lugar no altar sagrado que Deus nos preparou e Ele nos quer inteiro, do jeitinho que somos. Essa santidade vem revestida da nossa carne e ossos, das nossas fraquezas e limites e, por isso mesmo, ela é possível!!
Mas temos que ser cautelosos...é como o Pe Fábio de Melo diz: “Cuidado com os pesados fardos que você presume ser caminhos de santidade. Não se esqueça que Deus não o quer perfeito. Deus o quer santo. Só isso.” Temos que buscar a santidade possível nos caminhos da simplicidade! Não creio que Deus nos quer carregando bagagens pesadas e cheias de missões impossíveis (essas Ele deixa para o famoso 007!!)...nós é que complicamos demais a vida!
Deus se manifesta nas coisas simples, assim também nós devemos fazer. A santidade possível deve ser revelada pela nossa leveza e alegria, mesmo diante das tribulações. Devemos vigiar as nossas palavras e reações diante da vida...semear bons frutos, sabendo que, possivelmente, não veremos os resultados. Em uma sociedade que não quer mais esperar, necessitamos continuar plantando a esperança. O mundo precisa de santos fervorosos, entusiasmados e que acreditem nos milagres possíveis, a partir dos pequenos encantos de cada dia.
Deus conta com o nosso santo cuidado, com o nosso zelo missionário por todos os lugares deste planeta chamado Terra. Então é isso... somos chamados a ser povo santo pelo próprio Criador. Ele demonstra, de forma muito clara, que precisa de cada um de nós para este mundo ficar melhor...nos promove à santidade, sem negar nossa humanidade e, hoje, diz especialmente para você:
“Eu tenho sede da tua alma
Eu tenho sede da tua entrega
Deixa o resto...fica comigo
Sou o teu Deus, teu Pai, teu amigo”
(Salette Ferreira)

Tem como não atender a esse pedido? Dizer: meu Deus, dá para esperar um pouquinho? Já vou! Não tem jeito não...eis que é chegada a hora de dizer o seu sim!! Caso contrário, o altar preparado com carinho somente para você, santo predileto do Senhor, vai ficar vazio!

"Não dá mais pra voltar, o barco está em alto mar! Não dá mais pra negar o mar é Deus e o barco sou eu! E o vento forte que me leva pra frente é o amor de Deus!!!" (Monsenhor Jonas Abib)

Abraços a todos os santinhos e santinhas do nosso bom Pai!
Fátima Regina

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

TEMPO DE SILÊNCIO...


Amado de minha alma...

No coração do meu silêncio encontro o Seu olhar...

o aconchego do meu cantinho sagrado

Desamarro as sandálias e deito minha cabeça em Seus ombros de Pai

Então, o Senhor faz poesia...brinca comigo


No silêncio do meu coração

A vida passa feito um filme bonito

Doces lembranças dos dias de sol

Tristezas intensas dos dias nublados

Tudo se encaixa...o avesso se transforma em obra de arte

O mal, lançado na fonte de água viva, se torna bem


No santo silêncio, Senhor

A minha boca cala...o Seu Espírito fala

Os sentidos afloram com cores vibrantes

Sinto o amor divindade preenchendo meus espaços vazios

Amor gratuidade que se derrama em mim...refrescando a alma


Ouço a Sua voz clamando

Clamando pelo amor ventre de mãe

Então, o meu amor humano se mistura ao Seu amor divino

E tudo fica tão bonito

Um azul profundo, com cheirinho de alecrim, invade meu ser


Uma música linda toca meus ouvidos

O Senhor me abraça, me levanta, dá um rodopio no ar

Dança suavemente comigo e fala bem baixinho...


Filha de Minha alma...

Amo estar aqui com você

Falar sobre sua história mergulhada na Minha história

Enfeixar a sua vida aos sonhos Meus

Eis que Eu lhe revelo o Meu querer:

Segue a vida com leveza

Abraça, com força, a liberdade dependente da Minha vontade

Não precisa ser perfeita, nem coberta de méritos

Preciso de você serena, mansa

Preciso do seu olhar inocência...da pureza de um amor que ama aqueles que menos merecem

Segue rumo aos campos verdejantes e às águas tranqüilas

A cada respirar...a cada pensamento...a cada palavra proferida...a cada sorriso...Eu estou em você!

Filha, vem ser a vida de Minha vida...vem ser a alma de Minha alma!

PS: Neste último final de semana me retirei em um encontro de silêncio na minha cidade, Londrina-Pr. Nessa poesia, do meu coração, está uma partilha que desejo deixar registrada para cada coração que aqui passar. Quero agradecer abundantemente o Pe Renato, do Centro de Formação Inaciana de Itaici, e todo o pessoal que organizou o encontro. Muito obrigada, fiquem com Deus!

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

O CATIVEIRO DA LIBERDADE


A liberdade tão sonhada por muitos está fazendo o homem refém do mal que a vida tem. Parece uma contradição: somos livres e reféns! Pois é, o preço dessa liberdade está ficando alto demais. Eu venho buscando o tempo necessário para contemplar os meus dias...aprendo sempre...e tem algo que me assusta: a liberdade humana usada como instrumento que banaliza o mal. Não muito raramente, aproveitamos a liberdade para expressar desejos rebeldes, caprichosos, ranhetas, impositivos, até anárquicos, então, a confusão se instala em nossas vidas e isso acaba por trazer mal-estar para o corpo e para a alma. Nessa ilusão de liberdade, o homem vem usando formas equivocadas de viver o “vale tudo” para ser “feliz’. E essa felicidade é fugaz, passa tão rápido que nem dá tempo de entender o que aconteceu. De repente, estamos infelizes de novo e seguimos em busca de “outras liberdades” que venham satisfazer “novas felicidades”. Precisamos ter discernimento e entendimento dessa realidade...isso não tem a ver com filosofia, teologia ou outro tipo de ciência...simplesmente é uma questão de sobrevivência da nossa espécie!! Sou livre para beber até cair, para fumar o que quiser, para ter tudo o que eu “desejar”, mas também sou livre para viver as alegrias do mundo com moderação. Digo mais: não tem como ser “meio bom ou meio mal”...ou você está do lado do bem, ou está no caminho contrário. Viver no bem significa se submeter às “regras do amor”, da doação, da docilidade e obediência à vontade de Deus. Viver no mal é, simplesmente, o oposto. O mundo, a natureza e o ser humano clamam pela bondade perdida no tempo e no espaço dos nossos erros. Somos livres...isso é fato...faz parte do projeto do Criador de todas as coisas. No entanto, não podemos confundir essa liberdade com a independência da vontade de quem nos criou. Acho que nos atrapalhamos pelos caminhos do livre-arbítrio e isso vem nos colocando em meio ao verdadeiro caos. A infelicidade humana não é projeto do Pai...é fruto da nossa teimosia em viver longe dos sonhos de Deus, em insistir fazer as coisas do nosso jeito...é consequência do grito de independência do que Ele quer para nossas vidas. Mas ainda há esperança! Afinal, o amor do Pai é repleto de presentes e futuros. Uma coisa é certa: o tempo está a favor de Deus...e Ele sabe esperar por nós! Enquanto não compreendermos esta história de amor, viveremos reféns...presos no cativeiro da liberdade. Hoje é dia de escolher certo...sem muitos discursos, precisamos eleger novos rumos, sabedores de que o certo só têm uma face...e essa face tem um sorriso lindo de Pai nos chamando de braços abertos, para um abraço de reconciliação definitiva com o bem que está em nós!

Pensa nisso...a sua liberdade é vivida na dependência ou na independência da vontade de Deus? Você é VERDADEIRAMENTE livre???

Paz e bem aos seus corações!

Fátima Regina

Obs: Acabei de ler “A Cabana”...esse texto é um pequeno fruto inspirado nessa linda obra que edificou mais um pedacinho de minha alma.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

VIRAR A PÁGINA...



Eu venho aprendendo...chega uma hora que preciso “virar a página”da vida, mas é necessário fazer isso com muito cuidado.
Eu não posso virar a página de qualquer jeito...preciso virar com carinho, para não rasgar a folha em que eu escrevi mais um capítulo da minha história.
Nessa página se encontram registrados tantos momentos bons... e outros nem tão bons....lá estão as alegrias e tristezas que me acompanharam, os gostos e os desgostos, saboreados pelos caminhos trilhados.
Todas as circunstâncias vividas fizeram parte da construção do que eu sou hoje...nada nem ninguém pode ser jogado fora ou desprezado, como se não tivesse existido. Tudo tem o seu valor e sua importância na feitura da trama da vida.
Então, viro a página bem devagarzinho e vislumbro uma folha novinha...uma folha com muitas linhas para eu continuar a escrever...é uma nova chance dada pelas mãos do Criador de tudo para que eu possa re-começar...

Você também precisa virar a página? Tome bastante cuidado, mas não perca tempo...CORAGEM, VIRE A PÁGINA E VAI!!! A VIDA LHE AGUARDA!!

VIDA NOVA AÍ VAMOS NÓS!!!

Que o nosso bom Deus possa nos acompanhar nessa jornada!

Abraços

Fátima Regina

domingo, 25 de julho de 2010

A CEIA DO PÃO DO AMOR...

Mais um dia se findava...o frescor da noite trazia serenidade e paz aos corações atribulados. A simplicidade da mesa preparada emprestava beleza àquele momento sagrado.
Jesus sentou-se conosco...Ele queria estar com seus amigos.
Na ceia daquela noite, Jesus tomou o pão e o vinho, pronunciou a benção e disse:
Desejei ardentemente estar aqui com vocês. Tomai e comei, isto é o Meu corpo e Meu sangue, que será derramado para o perdão dos pecados de toda a humanidade. Façam isso em Minha memória.
Então, pediu que tudo fosse repartido entre nós.
Naquela noite, Jesus declarou Seu amor incondicional e infinito por nós. Sabendo do Seu sacrifício, sabendo que seria traído e que iria partir, Ele já estava com saudades e deixou a celebração de Sua memória para que possamos estar com Ele para sempre.
Naquele momento, o sacramento do amor foi estabelecido por toda a face da Terra.
.....................
Amado de minha alma... meu doce Jesus
A cada dia, a cada instante
Eu tenho sede da Tua Santa presença
Agradeço-Te, porque possoTe encontrar no sacramento do amor, presente na Eucaristia
O milagre acontece a cada consagração...eu posso sentir...
Tua Santa presença é real
Na ceia da despedida a saudade se fez intensa
Não quiseste ficar distante de nós
Na simplicidade de se fazer um pedaço de pão
Quiseste estar conosco...para sempre estar conosco
Sagrado momento em que Te guardo em mim
Em que me faço um com Teu Sagrado Coração
Celebração que se prolonga na vida, quando sou convertida no Teu corpo
E "já não sou eu que vivo, mas é Cristo que vive em mim" (Gl 2,20)
Assim, guias meu passo, temos um só coração, um só pensamento
E posso levar o Teu Santo Sorriso pelos caminhos da vida
"VINDE SENHOR JESUS!!"
PAZ E BEM AOS CORAÇÕES SEDENTOS DA PRESENÇA REAL DO NOSSO BOM DEUS!
Fátima Regina

terça-feira, 29 de junho de 2010

DEUS DA MINHA VIDA...EIS AQUI O MEU QUERER...


Deus da minha vida...eis aqui o meu querer...
Quero ser milagre Seu
Quero a paz e o bem em mim
Quero ter a coragem divina que supera os meus medos humanos
Quero, em tudo, pensar e agir do Seu jeito
Quero a força do Santo Espírito na minha fragilidade
Quero passos firmes nas alamedas da luz
Quero ser calmaria em meio às tempestades
Quero mansidão e serenidade diante do mundo
Quero ter a fé que impulsiona e me coloca a caminhar
Quero ser peregrina do amor
Quero ser luz que vem de Ti
Quero o meu querer mergulhado no Seu Santo querer
Só assim dá pra ser feliz!!!

segunda-feira, 28 de junho de 2010

PÔR DO SOL NA ESTRADA PARA NOVA ESPERANÇA...


Ontem, por volta das 18 horas, eu vi os anjos do Senhor brincando no céu...

Eles voavam de um lado para o outro, desenhavam ondas suaves com as nuvens e derramavam as cores mais lindas que meus olhos humanos já puderam enxergar.

Meu olhar no horizonte, silêncio na alma...

Mais um dia se findava e o sol terminava a sua missão diária de trazer vida para a nossa vida.

O pôr do sol me encanta...

Traz poesia para minha alma de filha que, nesses momentos, ouve o Pai dizendo:
Minha querida, eis que lhe dou de presente um espetáculo celestial...meus anjos capricham nessa hora...agora vai descansar, porque a noite chega e você precisa refazer suas forças humanas para o dia que chegará amanhã, quando o sol, novamente, vai nascer para iluminar seus passos...fica com a Minha paz!

Eu agradeço a Deus por tanta beleza...

Dos meus lábios um sorriso de sossego traz tranquilidade ao meu coração e uma nova esperança brilha no olhar!

Paz e bem é o que eu desejo para você...a cada pôr do sol!!
Fátima Regina

quarta-feira, 16 de junho de 2010

ONDE POSSO ENCONTRAR CONSOLO PARA MINHA DOR?



Na angústia, o vazio da alma...
vazio abarrotado de amargura
Na desolação, a dúvida...
desconfiança que inquieta o coração atribulado
Onde está o meu Deus que não atende meus apelos?
Onde está, Senhor, que não me ouve e não me vê?
“Onde posso encontrar consolo para minha dor? Dentro de mim sofre o coração”
(Jeremias, 8-18)
Então, Deus nos fala...no silêncio da alma que suplica...
Meu filho...Minha filha
Onde foi que o seu coração se perdeu de Mim??
Onde você Me deixou...Me tirou da sua vida?
Tenha cuidado!
O mal entra por qualquer brecha deixada na alma angustiada e vazia do Meu amor
Fique atento(a)!
Eis que Eu bato na porta de sua casa...
Peço licença para fazer o que é o Meu sonho em sua história
Você pode escolher abrir a porta...ou não...

Pensa nisso...

terça-feira, 15 de junho de 2010

PAZ NÃO É A AUSÊNCIA DE PROBLEMAS!!


Eu venho aprendendo...a paz não é a ausência de problemas!!

Paz é muito mais que isso...é mais que uma alegria fugaz, é mais que momentos passageiros de euforia, é mais que simplesmente estar com TUDO na perfeita ordem.
Paz é presença...constância de Deus em nós. E Ele se faz presente de formas tão diversas...
Ele se “esconde” por trás dos sofrimentos e das lutas diárias. Ele se oculta nos olhares que acusam injustamente, nas doenças, na falta do emprego, na carência de recursos materiais, na falta de carinho e atenção dos que nos acompanham pela vida afora.
As visitas do nosso bom Deus acontecem nas alegrias da vida, nos encontros diários com aqueles que tanto amamos, nos tempos de serenidade, mas também sucedem nas tristezas e nas dores. Precisamos ter sensibilidade para enxergar o nosso Deus nesses momentos e deixar a paz inundar a alma nos tempos de dificuldades de nossa história.
As visitas de Deus têm sempre o objetivo do bem...os sofrimentos são especialistas em provocar em nós o surgimento do melhor que temos, daquilo que está escondidinho em nossa alma e somente aparece quando a dor é tão grande e as lágrimas correm pela nossa face.
Mas não podemos nos esquecer: somente na quietude das nossas palavras e dos nossos pensamentos...somente na mortificação das nossas vontades humanas é que Deus faz o que precisa ser feito. Necessitamos confiar e entregar, no silêncio, todos os nossos medos, o nosso desejo de resolver os problemas do nosso jeito.
Precisamos abrir as portas da frente da nossa casa para que o Senhor faça o que Ele quer!
Reina, Senhor, em nossa vida, em nossa família e em nossa história!

Só assim a paz do nosso coração será verdadeira, forte, indestrutível!!!!

Desejo a paz do Senhor para você!
Fátima Regina
*Esse texto foi inspiração do Programa Sorrindo pra Vida, do dia 15/06/2010, da Canção Nova, com o querido Pe Fabrício...homem ungido pelo Santo Espírito. Amo essa obra de Deus!!

segunda-feira, 7 de junho de 2010

VOCÊ JÁ OUVIU FALAR SOBRE O “PONTO DEUS” NO CÉREBRO HUMANO??



A racionalidade humana nos leva a um permanente indagar, questionar o mundo, as condições da nossa história. Temos uma necessidade infinita de entender, de saber com o intelecto. Contudo, há um momento nesta busca em que tomamos consciência de que as coisas não acontecem por acaso.
É como diz Leonardo Boff: chega um ponto da nossa vida em que percebemos a existência de um "Fio Condutor" que liga e re-liga tudo o que existe. Esse fio é o próprio Deus. E como é bom poder estar conectado nessa rede da co-existência!
Boff conta-nos uma surpresa (pelo menos pra mim é uma linda surpresa): “Neurólogos e neurolinguistas identificaram o "ponto Deus" no cérebro. É aquele ponto que faz subir a frequência hertz dos neurônios como se tivesse recebido um impulso...É então que nosso coração se dilata às dimensões do universo e nos sentimos grandes como Deus ou percebemos que Deus se faz pequeno como nós.” (Fonte: A espiritualidade na construção da paz,Leonardo Boff)
Aí está uma constatação muito bonita: a ciência se aproxima da divindade que existe em nós...incrível essa descoberta!! Deus está em algum cantinho, em um ponto do nosso cérebro!!
Na verdade, eu creio que Ele está muito além disso...Ele perpassa por TODO o corpo, inunda nosso espírito com a energia criadora que tudo pode transformar...a cada instante, a cada respirar.
Quando nos deixamos conduzir por Deus, simplesmente passamos a entender que co-existimos...co-existimos com a mãe natureza, com uma diversidade de seres extraordinários nesse universo admirável...universo em que TUDO é ordenado pelas forças do milagre que há em nós...milagre da vida, da perfeição das reações metabólicas do nosso corpo, do encanto e da beleza da nossa pequena alma, peregrina nesse mundo.
Deus está em nós e nós estamos nEle!! E nessa afirmação eu prefiro racionalizar menos e sentir mais...a minha sensibilidade me permite essa proeza, graças a Ele!
Finalizo na certeza de que tudo o que há em mim e o que há em você é sagrado e, por isso mesmo, precisa ser cuidado...cuidado com alegria e com amor. Somente isso é o que necessitamos saber, mais nada!!

Abraços fraternos

Fátima Regina

SAL DA TERRA...LUZ DO MUNDO...eis o que somos!!


No Evangelho de Mateus, capítulo 5, Jesus subiu a montanha com seus amigos. Eles estavam cansados, a multidão os acompanhava sedenta de milagres... os doentes, os possessos, os lunáticos, os paralíticos e Ele curava a todos. Na montanha, no aconchego de uma pausa para o descanso, encontramos Jesus sentado na relva, sorrindo e brincando com seus companheiros queridos...Ele os ensinava:

“Vós sois o sal da terra. Se o sal perde o sabor, com que lhe será restituído o sabor? Para nada mais serve senão para ser lançado fora e calcado pelos homens.Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre uma montanha, nem se acende uma luz para colocá-la debaixo do alqueire, mas sim para colocá-la sobre o candeeiro, a fim de que brilhe a todos os que estão em casa.” (Versículos de 13 a 15)

O que Jesus falou no Seu tempo, Ele repete agora, no nosso tempo, com o mesmo sorriso, com a mesma alegria e mansidão, Ele nos pede: meus amigos queridos, preciso de cada um de vocês para a obra do Pai se concretizar...eis a boa nova: sejam todos sal da terra e luz do mundo!!
Essa é uma ordem, uma convocação a ser gente, a ser humano nesse mundo que nos impulsiona ao desumano todos os dias.
Mas não podemos esquecer: o mesmo sal que traz sabor à vida cotidiana, pode salgar tanto que chega a queimar a carne quando mal usado...quando usado na medida errada.
Precisamos ficar atentos...somos a luz do mundo que clareia a escuridão do caminho, dá segurança aos passos dados...mostra o bem e o mal que vai nos corações. Somos a luz que traz o calor que aconchega aqueles que sofrem, mas também somos a luz que pode ofuscar o olhar, que pode queimar a retina, quando usada sem o cuidado do amor.
Precisamos encontrar a boa medida...medida dada pelo Espírito Santo, que tudo sabe e tudo nos inspira.
Sigamos dando sabor ao dia a dia e iluminando as estradas da vida. Nesse caminho deixemos somente os rastros do amor!! Acho que é isso que Deus quer de nós!

Abraços de paz!

Fátima Regina

terça-feira, 1 de junho de 2010

OS DONS DE DEUS EM NÓS...


Tudo o que sai das mãos humanas está fadado a perecer...tudo passa...o poder que há na natureza acaba por deteriorar tudo o que é produzido pelos homens. Os empreendimentos passarão, os produtos inventados se tornam inúteis com o tempo, as técnicas se tornam ultrapassadas...isso é fato!

As forças humanas se esgotam...elas têm um limite próprio. O dinheiro acaba e não compra a vida que passa e se esgota pela força do tempo que não pára.

Mas o homem segue atropelando esse fato e vai na busca desenfreada pelo que é eterno...ele tem sede da “fonte da juventude”, do poder que não acaba. Será que esse caminho nos levará à felicidade? Afinal, na busca do que é eterno, sabemos o que é eterno em nós?

Tenho a mais plena certeza de que essa resposta está em tudo o que vem das mãos do Criador...está nos dons que recebemos de Deus!

Por isso, a nossa vida é uma permanente “caça aos tesouros “...vivemos para descobrir os tesouros e dons que o Pai nos dá na graça de, simplesmente, sermos herdeiros do dono de todas as coisas desse universo. Dons que precisamos colocar a serviço da vida... dons a serviço da transformação desse mundo.

Aí está o segredo da felicidade e da eternidade, que pode ser saboreada no nosso cotidiano.

Nesse caminho lindo, não podemos esquecer que os nossos dons são dependentes dos dons daqueles que nos acompanham. Nossos dons são complementares, porque não podemos ter todos os dons.

Precisamos aprender a ser menos “eu” e mais “nós”...mais “nós” em Deus, na busca constante de descobrir nossos dons e os sonhos lindos que o Pai tem para nossa história.
Sigamos conduzidos pelo Santo Espírito!!


Abraços fraternos!

Fátima Regina

segunda-feira, 24 de maio de 2010

PENTECOSTES 2010...VEM ESPÍRITO SANTO!!!!!!!!!!!!!!!


A força que vem do Espírito Santo nos conduz aos caminhos que Deus quer para cada um de nós. Deixe Pentecostes acontecer em você! Deixe o Espírito Santificador inundar sua alma...reavivar os dons que o nosso bom Deus lhe entrega na graça. Então, vai...segue seu caminho e vai transformar o mundo...vai consolar os corações...vai curar corpos e acalentar almas!!


Nenhuma tristeza é capaz de apagar a alegria de quem está repleto do Espírito Santo...dos olhos de quem verdadeiramente crê pode até sair lágrimas de dor, mas essas lágrimas escorrem por uma face que sorri!


Tenha confiança! Não precisa ter medo da dor...ela passa, mas o Santo Espírito fica!!!


O mundo não compreende aqueles que são cheios da força do alto, porque são pessoas “diferentes”...são pessoas que, diante das situações imperdoáveis, simplesmente perdoam. Pessoas que têm no olhar as lentes do amor sem medidas...são almas escolhidas por Deus para fazer a vida ficar mais bonita!!

“ESPÍRITO DE AMOR VEM SER A VIDA DE MINHA VIDA...VEM SER A ALMA DE MINHA ALMA...”


Fátima Regina
Essas são palavras inspiradas no Programa Sorrindo para a Vida, Canção Nova, dia 24/05/2010. Márcio Mendes é um homem ungido!!!Deus abençoe essa obra!!!

segunda-feira, 17 de maio de 2010

FICA COMIGO, SENHOR...inspirações de Pe Pio




Ao contemplar Sua face, meu Senhor e meu Deus
Percebo...


No fundo de minha alma pequenina
Tem um cantinho intocável
Um cantinho onde o mal não pode chegar


No âmago de minha alma apaixonada
Eu canto suavemente...
Meu Jesus...Tu és minha luz
És meu TUDO
Sem Ti sou NADA


Tenho sede de Tua Santa presença
Não me deixe caminhar sozinha

Dá-me a Tua mão
Fica comigo, Senhor!!
Agora e pela eternidade
Amém...amém...graças a Deus!!


sexta-feira, 14 de maio de 2010

DEUS QUER ABRAÇAR VOCÊ!!


Sabe esta situação difícil que você está vivendo? Este problema complicado que parece indissolúvel, traz ansiedade, medo, um aperto no seu coração?? É aí que Deus se deixa encontrar.
Desde a eternidade, Deus sabe de todas as coisas e coloca ao seu alcance os sonhos mais lindos. E o que você faz com esses sonhos?

Será que não está um tanto esquecido dos planos divinos em seu cotidiano?

Você anda desconectado com a força divina e interligado com os apelos do mundo?

Na verdade não importa as suas respostas...não importa o que passou. Não interessa para Deus o seu passado, o mal que rondou sua vida. Ele lhe quer SEMPRE ao Seu lado, lhe resgata e empresta Sua força para a superação das dificuldades.

O plano de Deus é misericordioso...é perdão total, é liberdade do que passou..é olhar pra frente, na busca da realização dos sonhos dEle.

O que destrói sua alegria, escraviza e te prende na tristeza e na depressão? É a força de um passado mal vivido e mal resolvido!!

Deixe tudo isso para trás, mas saiba que as forças humanas são incapazes de gerar a liberdade. Somente Deus é capaz dessa libertação, porque Ele é imenso em perdoar.

Deus lhe ama apesar do mal que age em sua vida, mas você precisa tomar uma decisão...precisa voltar ao coração dEle.

Mergulhe no abraço do Pai, que espera de braços abertos e, com um lindo sorriso, lhe diz: Vem filhinho(a)!! Estou com tanta saudade de você!!!

Sinta-se abraçado(a) com muito carinho!

Fátima Regina

Inspirações do Programa Sorrindo pra Vida, Canção Nova, por Márcio Mendes...14/05/2010

terça-feira, 11 de maio de 2010

AS PEDRAS DO CAMINHO...


Meus olhos estão cansados de olhar para as estradas pedregosas. No meio do caminho da minha vida eu deparei e deparo, todos os dias, com tantas pedras!!!

Muitas pedras eu encontrei...de todos os tamanhos, cores e formatos. Pedras pequenas, lisinhas, polidas...pedras até bonitas de se ver, mas também já tropiquei em pedras enormes, cheias de arestas, disformes...pedras de tropeço que dificultaram meus passos.

Já houve um tempo em que eu suplicava a Deus para não encontrar mais pedras...para que o Senhor me livrasse desse “mal”.

Hoje eu olho para as minhas pedras e vejo possibilidades de mudanças...mudanças de rumos, mudanças de pontos-de-vista, afinal, se não fossem as pedras eu não teria aprendido um bocado de coisas.

Hoje vejo as pedras e brinco com elas...transformo em “brinquedo” aquilo que tanto me aborrece...dou risadas delas e do incômodo que elas causam em mim.


Caso a pedra se agigante a minha frente, eu dou uma pausa...silencio e pondero o que fazer...busco as melhores soluções para mim e para quem estiver por perto.


Oh “admirável” pedra!! Preciso de MUITO discernimento para não lhe dar um belo chute e jogá-la bem longe da minha vida!!


Em outros momentos me pego querendo guardar a pedra na mochila que carrego...até já guardei algumas vezes, mas, com o tempo, ficou pesado demais e resolvi jogá-la fora...a pedra ficou na beira do caminho!


Haja paciência com as pedras do meio do caminho!


E quando elas são muito pequenininhas, ah como isso é chato! Ela entra no sapato e fica cutucando meus dedos...como isso dói...machuca a danada da pedrinha!!


Preciso aprender mais sobre a “arte de olhar as pedras”...elas fazem parte da minha história...são os obstáculos que encontro, os problemas que devo enfrentar, as dificuldades que careço superar, os erros que cometo e, às vezes, é o erro que está no outro e me atinge dolorosamente.


Estou aprendendo...minhas pedras carregam lindas possibilidades de entendimento da vida...dá até para pensar em juntar todas elas (e são muitas!) para poder fazer uma escada e apreciar o belo horizonte que está à frente.
De olho no horizonte, não posso parar nas pedras, na verdade, não quero mais focar as pedras do caminho...preciso olhar através delas e enxergar a beleza guardada em sua essência...necessito poetisar as pedras da minha vida.


E, nesse caminho, peço ao Bom Deus que nunca me tire a poesia, pois é o que me resta...o que me faz andar com leveza, me restaura as forças para prosseguir.


E daí eu lhe pergunto: quais são as pedras do meio do seu caminho? E mais importante que isso:o que você faz com elas...brinca, transforma em poesia, guarda na mochila, chuta pra bem longe ou...


Pensa nisso...


Abraços, Fátima Regina

segunda-feira, 10 de maio de 2010

COMO PRESERVAR A UNIÃO NA FAMÍLIA???


O dia das mães passou...mas o que ficou em nós?
Permanece a alegria sentida, a lembrança da festa, do encontro, dos risos e dos olhares...ficou o sabor dos doces preparados com carinho e as recordações de mais um dia de união.
Mas sabemos que nem tudo é tão doce assim...no final do dia já pudemos perceber que a tristeza ronda a família...isso faz parte da nossa história. O sabor amargo das derrotas, das dificuldades nos relacionamentos, emergem no sorriso forçado. O egoísmo sepulta os sentimentos de alegria em nós.
É preciso estar atento!! Os laços de sangue e os laços espirituais que nos unem NÃO podem ser rompidos!! Mas o que fazer nesses momentos em que encaramos face a face a tristeza e nos sentimos impotentes diante de tanto amargor?? O que será que Deus quer que façamos?? Quais os sacrifícios precisamos enfrentar??
A família é o lugar onde não podemos usar máscaras, é oásis no meio do deserto...a família é refúgio do amor e amar não é sentimento, amar é decisão...precisamos decidir seguir por este caminho. E escolher este caminho exige de nós a docilidade e a humildadel! Todo o orgulho tem que ser quebrado...toda palavra maldita tem que ser revertida...precisamos voltar atrás nas decisões erradas.
O coração da nossa família precisa voltar a bater forte e vigorosamente! Não podemos deixar morrer aquilo que Deus sonhou...e Ele nos quer UNIDOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Quando um coração pára de bater é necessário um “choque” para que ele volte ao ritmo...é disso que estou falando: o amor nessa hora tem que ser “violento”. CARECEMOS AMAR COM TODA A FORÇA DE NOSSA ALMA!!
Esse amor tem que ser banhado de caridade, de respeito pelas diferenças (cada um no seu ritmo)...esse amor tem que ser libertador, tem que deixar o outro respirar e seguir o seu caminho na paz.
As cinzas da tristeza e do egoísmo enterram as brasas da alegria em nós. Por isso, peçamos a força que vem do alto para restaurar aquilo que está “estragado” em nós. Somente a força do Espírito Santo pode fazer esse milagre acontecer.
Sopra Espírito Santo sobre as cinzas de nosso caminho e reaviva a chama da vida em nossa família!!!!!!!!!


Abraços de união!!
Fátima Regina
Inspirações do Programa Sorrindo pra Vida do dia 08/05/2010, por Márcio Mendes, Canção Nova...uma obra de Deus!!!

terça-feira, 4 de maio de 2010

AS PALAVRAS...




Palavras...tantas palavras...palavras insanas, palavras sãs...palavras lindas, palavras feias...palavras mornas, palavras quentes...
As palavras fazem os nossos dias melhores...ou não...

Tudo está em nossas mãos e em nossas bocas
Eu fico pensando na complexidade das frases, das expressões, dos vocábulos...no peso ou na leveza que isso traz...
E para quê tanto pensar nas palavras?
O rugido do vazio de minha mente se incomoda com isso...para quê complicar aquilo que é tão simples??
Palavras...para quê falar quando precisamos tão somente olhar...
“Olhar devagar”...
Ter o tempo necessário ao entendimento do que vai nos corações
Então, entenderemos que as palavras ecoam puramente...
Palavras são reflexos do que vai nas almas...

Almas que perambulam...
Almas caminhantes na busca do sentido da vida...
Sentido que se transforma no bem, pelo poder que há em ser, simplesmente, humano
Humano criado à imagem e semelhança do nosso Deus que é A “palavra verdade”.

Envio a todos o meu abraço, sem palavras!

Fátima Regina

terça-feira, 27 de abril de 2010

QUERO O MEU OLHAR DE CRIANÇA...


Venho pensando sobre a necessidade de resgatar a inocência do olhar de criança que existe em mim.
Quero aprender a olhar o mundo sem a maldade ou a malícia própria de quem “cresceu” e carrega o status de ser um adulto, num mundo tão atribulado pela falta da pureza.
Estou na busca de resgatar esse olhar de pureza que com tudo se encanta...
Ah, como isso me faz falta...como essa falta traz um peso angustiante aos dias de minha vida.
Preciso voltar ao cenário da minha meninice e encontrar com a criança que ainda está por lá, perdida no tempo...
Então, vou dar um abraço apertado nela e dizer: sabe, eu cresci, mas quero sua ajuda...me empresta de novo esse seu lindo olhar?
Ela, com certeza, vai sorrir pra mim, sem entender direito o que eu estou pedindo, e vai continuar brincando no jardim da minha infância.
Quem sabe, depois desse encontro, as lentes da inocência trarão a magia e o encantamento necessários, diante dos acontecimentos da vida humana...
Espero em Deus que isso aconteça!

Um ósculo sagrado pra você!
Beijo santo!
Fátima Regina

segunda-feira, 19 de abril de 2010

O CANTO DO MEU ANJO BEM-TE-VI...


Todos os dias, bem cedinho, Deus vem me despertar
Ele chega devagarzinho, dá um beijo na minha testa e diz baixinho: bom dia filhinha!!
Eu, ainda sonolenta, esboço um sorriso e volto a dormir
Então, Deus manda o Bem-Te-Vi cantar
Ao ouvir essa linda melodia, abro meus olhos para a aurora de mais um dia...agradeço ao Senhor, peço Sua benção e me coloco de pé...vou viver a minha história
As horas passam, o tempo dita as normas da minha pressa...a vida acelera os meus passos
Num momento inesperado, o Bem-Te-Vi volta a cantar, me lembrando que Deus cuida de tudo
Deus cuida de mim...Deus cuida de você...Deus cuida de nós
Sinto uma alegria imensa envolver minha alma...um novo sorriso é estampado em meus lábios
Alívio de quem confia...leveza de quem crê
A vida acontece...
Mais um dia se finda...Deus joga sua aquarela de cores vibrantes no céu e chama o Bem-Te-Vi para sua sinfonia vespertina
Repouso o meu olhar no horizonte e saboreio as delícias do espetáculo de mais um pôr-do-sol, ao som do meu anjo Bem-Te-Vi...
Canta Bem-Te-Vi!!
Canta para me lembrar que um Pai cuidadoso está sempre olhando para nós...canta para me fazer sorrir e serenar meu coração...
Faço um convite para você: ouça, também, o seu anjo Bem-Te-Vi!
Ele está sempre por perto para lhe fazer sorrir!

Paz e bem!!
Abraços fraternos!
Fátima Regina

terça-feira, 13 de abril de 2010

A GRAÇA DE DEUS É DE GRAÇA!!



Quando não temos fé a vida fica mais difícil, não descansamos, vivemos abalados. E fé NÃO é sentimento...fé é dom divino, dado àqueles que buscam.

Você quer descansar?

Pare de focar os seus problemas e repouse seu olhar no infinito...eu venho aprendendo...Deus é o dono de todas as coisas, de todos os seres, em todo o Universo. E o mais lindo nessa afirmação é que nós somos herdeiros disso tudo!!

Quantas vezes nos achamos agitados, reclamando e gastando toda a nossa energia humana, despendendo todo o tipo de esforço para alcançar as nossas metas e conseguimos, tão somente, um desgaste incomensurável e insuportável para os nossos corpos e nossas mentes.

Na verdade, não esperamos receber muitas graças do nosso Criador e muito menos acreditamos que isso é de graça!

Precisamos nos abrir para essa possibilidade!

Saímos todos os dias de nossas casas em uma busca desenfreada por sobreviver. Necessitamos aprender que o nosso ativismo, a nossa agitação na busca das “metas” tão esperadas NÃO nos levará à plenitude. Precisamos SIM fazer a nossa parte e, então, descansar os olhos, silenciar a boca, serenar a alma e abrir o coração para a graça do Senhor que chega até nós de graça...sem tanta agitação.

Que Deus nos conduza nesse caminho da graça e que o Seu Santo Espírito nos inspire a repousar na confiança e na fé que vivifica a alma!


Paz e bem!!
Fátima Regina

sexta-feira, 9 de abril de 2010

A VERDADE, O CAMINHO E A VIDA...

O nosso referencial de verdade está em Deus, encarnado em Jesus. Tudo o que contradiz Seus ensinamentos necessita ser jogado fora!! Precisamos de um coração aberto para a ÚNICA VERDADE...carecemos de uma alma pronta para trilhar o ÚNICO CAMINHO e escolher a vida em plenitude. Assim, poderemos nos deixar preencher pelo Santo Espírito....gestar o amor no coração e parir os sonhos de Deus na graça dos nossos dias. Eu venho aprendendo...a grande causa da infelicidade do ser humano está em focar o olhar naquilo que não possui...está na busca do extraordinário que poderia acontecer, mas não acontece, então, sobrevém a frustração, a depressão, o desalento e o desânimo. A verdade e a felicidade se escondem e se revelam no ordinário do nosso cotidiano: no pão quentinho com manteiga, no banho diário e refrescante, no saborear cada momento de simplicidade de nossas vidas. Eis o mistério da graça do nosso Pai...sejamos simples nas nossas escolhas e tenhamos um olhar que busca a essência da verdade a cada momento...em cada circunstância. Deus aponta o caminho e nos aguarda, pacientemente, com um pote repleto das mais doces verdades, para que possamos nos “lambuzar de Suas delícias eternas”!!

Paz e bem os corações sedentos da verdade!!

Fátima Regina

Inspirações do Programa Direção Espiritual, da Canção Nova, com o Pe Fábio de Melo e Gabriel Chalita, do dia 08/04/2010.

terça-feira, 6 de abril de 2010

PÁSCOA HOJE E SEMPRE!!


A Páscoa nos convida a passar para a vida renovada! O Mar Vermelho se abriu e passamos com pés enxutos...os problemas surgiram e superamos obstáculos. Agora, somos todos peregrinos que rumam para a Terra Prometida. Nesse caminho, muitas são as vezes que nos aborrecemos. Quando dizemos: estou cansado(a), sem ânimo, o caminho esgota minhas forças, Deus olha para nós, com mansidão, e fala: Eu também estou cansado de te ver assim...preciso fazer algo novo em sua vida filhinho(a)! Então, precisamos abrir o coração, deixar o Senhor agir em nossa paciência...deixar o Dedo de Deus escrever, com firmeza, a história de mais um dia de nossa existência. O sopro do Seu Santo Espírito traz novo fôlego e derrama água pura que alivia os pesos, ressuscita a alegria, renova as forças e plenifica a jornada!!


QUE A PÁSCOA DE JESUS SEJA PERMANENTE EM SUA VIDA!!


QUE A PAZ DO SENHOR ESTEJA CONVOSCO!


Fátima Regina

segunda-feira, 29 de março de 2010

UM DEUS APAIXONADO!!


Mais uma Semana Santa em nossas vidas...momento de refletir sobre a Paixão do Nosso Grande Amigo e Mestre, Jesus Cristo.
A “louca” paixão dEle por aqueles que são vítimas, pelos que sofrem e a paixão incoerente por aqueles que provocam os sofrimentos, O levou à morte na Cruz.
Parece contraditório, mas é incrível...MARAVILHOSO...Ele morreu pelos bons, mas, definitivamente, também morreu pelos maus, porque acreditou, e acredita ainda, na essência da bondade, da qual todo ser humano é dotado.
Ele silenciou, abriu os braços e foi pregado na Santa Cruz em sinal do amor mais profundo que alguém pode sentir.
Do alto da Cruz Ele nos fala: “”Ninguém te ama como eu... olhe pra cruz esta é a minha grande prova”.
Com Seu rosto desfigurado pelos hematomas, resultantes dos espancamentos, Ele continua nos falando: Eu creio no amor que há em você! Só por isso estou aqui, pregado na Cruz que lhe liberta de todo o mal!
Esse é o nosso Deus Apaixonado...um Deus que acredita no amor que está em nossos corações...crê na nossa conversão, na mudança de rumo das nossas vidas. Mudança que nos leva aos santos caminhos e às possibilidades de fazer este mundo mais justo e melhor a cada dia.
Sigamos na missão...mas sigamos leves, muito leves, porque fomos libertados do peso de todo o mal, por meio da morte do Cristo Apaixonado por nós!
No silêncio de nossas almas, Deus nos fala assim...
”Precisas confiar em Mim
Não perdes nada em acreditar
Que sigo ao teu lado
Sou teu Deus
Um Deus apaixonado!”
(Eugênio Jorge)
Desejo uma santa semana para você!
Que Jesus possa renovar a sua vida e ressuscitar seus sonhos, com Seu Santo exemplo de amor!Abraços fraternos!
Fátima Regina

QUEM NUNCA ERROU ATIRE A PRIMEIRA PEDRA!


Evangelho de João, Capítulo 8, versículos de 1 a 11...


“Dirigiu-se Jesus para o monte das Oliveiras...
Ao romper da manhã, voltou ao templo e todo o povo veio a ele. Assentou-se e começou a ensinar.
Os escribas e os fariseus trouxeram-lhe uma mulher que fora apanhada em adultério.
Puseram-na no meio da multidão e disseram a Jesus: Mestre, agora mesmo esta mulher foi apanhada em adultério.
Moisés mandou-nos na lei que apedrejássemos tais mulheres. Que dizes tu a isso?
Perguntavam-lhe isso, a fim de pô-lo à prova e poderem acusá-lo.
Jesus, porém, se inclinou para a frente e escrevia com o dedo na terra.
Como eles insistissem, ergueu-se e disse-lhes: Quem de vós estiver sem pecado, seja o primeiro a lhe atirar uma pedra.
Inclinando-se novamente, escrevia na terra.
A essas palavras, sentindo-se acusados pela sua própria consciência, eles se foram retirando um por um, até o último, a começar pelos mais idosos, de sorte que Jesus ficou sozinho, com a mulher diante dele.
Então, ele se ergueu e vendo ali apenas a mulher, perguntou-lhe: Mulher, onde estão os que te acusavam? Ninguém te condenou?
Respondeu ela: Ninguém, Senhor. Disse-lhe então Jesus: Nem eu te condeno. Vai e não tornes a pecar.”

Palavra da salvação!!!!!!!! Glória a vós Senhor!!!

Palavras que salvam...palavras de uma profundidade quase que insondável...palavras de amor!
Eu penso: não dá pra ficar na superficialidade, diante de uma atitude tão magnânima e de tamanha generosidade.
Eu gosto muito de contemplar essa cena...revela a grandeza do nosso amado Jesus, diante da pequenez de nossa alma. Quando contemplo essa passagem, vejo Maria Madalena completamente encantada com a serenidade do nosso doce Jesus e aqueles velhos senhores (fariseus e escribas) muito irritados com o silêncio e a sabedoria do Mestre.
Vejo a maldade humana do dedo que aponta o pecado no outro...sentimento inundado de sadismo, mas vejo, também, a misericórdia de um Deus que preenche minha alma do desejo do bem.
Esse texto me faz pensar em quantas foram as vezes que eu recebi pedradas ou quantas vezes eu mesma joguei as pedras...pedras do julgamento sobre o erro alheio.
A Lei de Cristo nos ensina que precisamos ser diferentes!
Na sexta carta aos Gálatas, versículos de 1 a 10, encontramos algumas considerações sobre essa Lei: ante a falta do outro é necessária a correção com o espírito de mansidão, sem se descuidar das própria palavras e reações. Não podemos nos julgar mais importantes daquele que está errando...não dá para nos sentirmos menos pecadores.
Afinal, é como diz o Pe José Augusto (Canção Nova): “eu pequei, eu peco, eu pecarei”...o pecado cotidiano nos acompanha, todos os dias, a cada instante...somos humanos e vulneráveis ao mal que está no mundo.
Então, reflito: o que é o pecado? Palavrinha evitada por nós todos...como é difícil encarar as nossas próprias confusões!! Quantas vezes nos julgamos donos da verdade e não percebemos o quão equivocados nos encontramos!!! Os nossos pecados (descontrole, desequilíbrio, ou como você quiser chamar) entram pelos nossos olhos, se colocam em nosso coração, saem pela nossa boca e se manifestam pelas nossas ações. Mas como é complicado percebê-los!
E o pecado do outro? Ah...esse é fácil de ser detectado e apontado! Somos especialistas em ver o erro que está no próximo. Os nossos olhos têm uma certa facilidade em ver o que está fora de nós...aquilo que está em nosso íntimo, os nossos próprios erros e descontroles ficam acobertados pelo orgulho, pelo ego inchado de vaidades.
Com tudo isso eu concluo:o julgamento que fazemos sobre o erro alheio (que pode ou não nos atingir diretamente) vai nos levar a um outro erro...muitas vezes um erro muito maior que o primeiro. Os nossos julgamentos jogam pedras naqueles que julgamos e se tornam pedra de tropeço para nós mesmos!
Precisamos mudar de rumo...olhar mais para dentro de nós, buscar aperfeiçoar nossas atitudes, apurar os pensamentos e olhar menos para as fragilidades do outro.
Quem nunca errou atire a primeira pedra!
Eu não quero mais atirar pedras...preciso ter um olhar misericordioso sobre a minha história e sobre aqueles que estão comigo nessa jornada. Acho que é isso que Deus quer de nós: menos julgamento e mais acolhimento!
Eu amo contemplar o nosso Deus Misericordioso...de braços abertos...pronto para dar uma forte abraço naquele que tomou consciência dos próprios equívocos e falhas e naqueles que estão prontos para aceitar os outros como são. Eu quero ser abraçada...e você??


Uma santa semana para você!!
Abraços de paz!!
Fátima Regina

sexta-feira, 19 de março de 2010

PAZ INQUIETA...


“Eu trago esta paz inquieta, feita de trevas e de luz

Desde que eu sigo os caminhos de um profeta chamado Jesus

Na treva eu me sinto inquieto, na luz eu me sinto capaz

E pelos caminhos do mundo eu sigo inquieto, mas vou em paz
Inquieto pelo inocente, pelo culpado também

Triste por ver tanta gente que não sabe o que a vida contém

Inquieto pela injustiça, que eu vejo aumentar e doer

Inquieto por esta cobiça, que não deixa o meu povo crescer
Em paz pelos homens justos, que por saber e sonhar

Pagam com preço de sangue a coragem de não se calar
Em paz pela esperança, que faz esta vida valer

Em paz por quem nunca se cansa de os caminhos da paz percorrer
Em paz pela juventude, pelos adultos também

E por aquelas virtudes que meu povo nem sabe que tem

Inquieto por tanta gente que não se inquieta jamais

E pelos caminhos do mundo eu sigo inquieto, mas vou em paz”
Padre Zezinho


No dia 18/03/2010, o Programa Direção Espiritual, apresentado pelo Pe Fábio de Mello, me relembrou uma canção do Pe Zezinho: “Paz inquieta”. Passei a pensar sobre a profundidade contida nas palavras desse querido padre, que embalou minha infância e adolescência com suas lindas canções.
Eu preciso dessa “paz inquieta”!!
Pe Fábio nos lembra que todo cristão precisa dessa paz...
Necessitamos da paz que serena a alma e da inquietude que nos coloca em movimento...nos move a buscar a fonte que sacia da verdade plena, porque o que somos hoje poderá ser melhor amanhã. Eu tenho necessidade de ser cada dia melhor...uma filha melhor, ser uma esposa melhor, uma mãe melhor, uma boa amiga, uma profissional melhor...essa é minha sagrada meta...nem sempre consigo...mas NÃO DESISTO!!!
Pe Fábio nos lembra: dentro de nós há sempre um espaço para ser reinaugurado pela esperança...lindo isso não é mesmo?!! Contemplo a minha alma como um lindo campo verdejante, com alguns espaços vazios esperando pela semeadura...lá eu posso semear flores de cores vivas...flores que brotarão no tempo certo e preencherão de beleza o cotidiano da vida!!!
QUE A PAZ INQUIETA ESTEJA COM VOCÊ E EM VOCÊ!
ABRAÇOS
FÁTIMA REGINA

segunda-feira, 15 de março de 2010

REFLEXÕES QUARESMAIS...de um coração de filha para o coração do Pai



SENHOR, PAI MISERICORDIOSO...
Sei que És a única fonte de vida e fonte do mais puro amor
Fonte inesgotável que transborda em minha alma
Sei que sou portadora de uma porção dessa água viva que ressuscita sonhos
Por isso preciso seguir sem temores e na mais plena confiança
Preciso espalhar para o mundo essa notícia tão linda
Com humildade e mansidão, quero aprender a cada dia ser suporte
Suporte dos que convivem comigo
Dá-me Senhor, um coração manso e sereno
Dá-me um olhar misericordioso, que veja somente o bem que há em cada um
Que eu possa Te enxergar, oh Pai, em todos os que passarem por mim, especialmente naqueles que me machucam e me desafiam todos os dias
Que o sol NUNCA se ponha por traz de minha ira
Que de minha boca somente saia palavras que edificam e trazem o bem
Que eu possa ser uma verdadeira filha da luz
Repleta de bondade, justiça e portadora da Sua verdade
Não quero mais tomar parte das obras estéreis, de murmurações e reclamações
Preciso despertar do sono dos meus comodismos...preciso me libertar dos medos e da falta de confiança em Ti, que paralisam minha vida
Estou em busca do equilíbrio
Estou a caminho da santidade possível em tudo o que faço
Vem comigo Espírito Santo e me faz a cada dia mais próxima da Sua vontade
AMÉM!


Sua filha Fátima Regina

domingo, 28 de fevereiro de 2010

A ECONOMIA A FAVOR DA VIDA...e que seja vida em abundância!



O Conselho Nacional da Igrejas Cristãs (CONIC), do qual a Igreja Católica faz parte, traz a proposta da Campanha da Fraternidade do ano 2010 com o tema “Economia e Vida”. Tema que proporciona uma reflexão sobre o modelo econômico atual, gerador de tanta desigualdade, miséria, fome e morte.
O objetivo da Economia de um país deve ser: criar condições para atender aos direitos fundamentais de todas as pessoas, que fazem parte da geração presente e das gerações futuras. A busca do bem comum deve ser a grande meta. Essa campanha, que trata de buscar a ligação direta da economia com a vida, é uma convocação à mobilização de todo ser humano sedento de uma sociedade mais justa para todos.
Você pode até pensar que toda a pobreza que aflige a humanidade é fruto somente de decisões políticas erradas ou corrompidas pela falta de ética, mas tenha certeza de que essa situação, também, é resultado do nosso egoísmo e individualismo. O modelo econômico vigente está repleto de armadilhas para as nossas almas...almas angustiadas na busca de sobreviver neste mundo, que oferece tantos atrativos materiais, nos fazendo esquecer daquilo que é essencial...estamos confusos.
O lema da campanha traz uma advertência, por meio das palavras de Jesus, contida em Mateus 6,24: “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro”. Isso deve nos levar a uma reflexão: nas nossas atribuições diárias, quais são as nossas escolhas e nossos valores? A quem estamos servindo? Deus está em primeiro lugar nas opções de nossa vida? Nesse contexto, quais são as escolhas da nossa família?
É muito triste constatar que na sociedade, que se intitula moderna, o encanto pela vida está se perdendo na mentalidade do consumismo e no pensamento descartável das pessoas. Vivemos envolvidos com os apelos do mundo...o barulho estonteante da nossa rotina nos impede de ouvir a vontade de Deus para nós.
Tudo é mais importante que as pessoas...a troca do carro, do computador, do celular. Precisamos estudar e trabalhar cada dia mais para pagar as dívidas assumidas, nos deixando sem tempo para ser gente. As casas, cada vez mais belas e repletas de conforto, vão ficando cheias de coisas e vazias de sentimentos...casas em que, muitas vezes, meros desconhecidos moram sob o mesmo teto!
Sem muito pensar, muito menos refletir, o ser humano vai fazendo a entrega de si mesmo, absorvendo as coisas do mundo e se conformando com a realidade, tal como ela se apresenta. Ficamos aprisionados nos cativeiros do dia a dia das prestações mensais, dos financiamentos, da necessidade compulsiva em absorver as novas tecnologias, que se tornam obsoletas tão rapidamente. Tornamo-nos escravos do dinheiro...isso é fato, faz parte da vida de uma grande maioria das pessoas.
Viver o clima desta campanha nos leva a repensar sobre as nossas escolhas e atitudes diante da vida...nos motiva a rever os valores que movimentam o nosso dia a dia.
Deus fez o mundo para o homem com toda sua riqueza e beleza e sabia que tudo era bom. Devemos saber desfrutar dos encantos desse mundo com cuidado, pois em todas as nossas escolhas corremos o risco de transformar algo bom em algo mau, em dependência e escravidão. Um ótimo exemplo disso é o dinheiro, que deve estar a serviço do homem e NÃO o homem a serviço do dinheiro.
Existe uma tendência, preenchida de pura negatividade, que insiste em afirmar: somos incapazes de reverter essa situação...nada poderá ser feito. Isso é muito perigoso, porque dilui o sonho de uma sociedade mais justa em uma utopia inatingível.
Precisamos dar o primeiro passo em direção a esse lindo sonho de Deus...Ele conta com a nossa dedicação em transformar a realidade da economia em favor da vida. Comecemos por nós mesmos, desintoxicando nossas almas dos excessos, esvaziando-nos dos apegos. Só assim poderemos ser testemunhas de uma vida mais simples, e estaremos prontos para servir a Deus em primeiro lugar.
Para isso, necessitamos ter fé...uma fé fortalecida na fonte inesgotável do Espírito Santo. Precisamos acreditar que Deus age por meio de cada um de nós. É assim que Ele se faz presente...Deus no céu e nós na Terra, presente em cada homem e em cada mulher, nos indicando as palavras e atitudes que constroem as possibilidades de uma história mais bonita, do jeitinho que Deus quer.
Vivamos intensamente essa Campanha da Fraternidade do ano 2010! Façamos a nossa parte em favor de uma economia ética, honesta, justa, comprometida com a vida...e que seja vida em abundância!
Fiquem com Deus!

Fátima Regina

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

REFLEXÕES QUARESMAIS...

PERDÃO...DOM DIVINO...

Hoje quero falar para aqueles corações suplicantes em Deus, para aqueles que têm fé e crêem na ação da providência divina. Quantas vezes nos colocamos em oração de forma tão intensa e NADA acontece como pedimos. Será que Deus não está nos ouvindo? Sim, Ele ouve, mas aguarda as mudanças necessárias em nós para que as súplicas sejam atendidas. Isso mesmo, Deus apresenta UMA grande condição para atender os seus filhos...o perdão...
Nem adianta se aproximar do altar de Deus com um coração cheio de rancores...seus pedidos NÃO serão atendidos...pode crer nisso! Para experimentar a força de Deus em nossa vida precisamos nos reconciliar com as pessoas e com nós mesmos. E como é difícil perdoar as nossas falhas, dobrar o nosso orgulho e encarar os nossos próprios erros. Mais difícil ainda é perdoar aquele que nos ofendeu, nos traiu, nos fez injustiças. Por isso, tomemos muito cuidado: a falta de perdão traz a morte em nós...traz doenças em nosso corpo, enfraquece nossa mente, deprime nosso ânimo. Muitas vezes nos sentimos incapazes de perdoar, mas perdão não é sentimento...perdão é dom, dom divino. A nossa força humana é incapaz de perdoar, nem tente perdoar sozinho(a), você não conseguirá! Somos fracos em perdoar. Então, clamemos a força do Espírito Santo...somente Ele tem a força necessária para libertar a nossa alma das amarras do ressentimento que assombra nossas vidas! Precisamos ser livres...livres de toda a espécie de mágoa, para poder ser plenamente feliz!

Abraços!

Fátima Regina

Obs: Essas são inspirações do Programa Sorrindo para Vida do dia 25/02/2010, com a reflexão do Márcio Mendes. Ser Canção Nova é bom demais!!!!!!!!!!!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

MAIS UM TEMPO QUARESMAL EM NOSSAS VIDAS...


“A MINHA ALMA TEM SEDE DE DEUS, DO DEUS VIVO” – Salmo 42,2

A festa do Carnaval 2010 acabou...chegou mais uma quarta-feira de cinzas...

Desejo que o cinza dessa quarta-feira não ofusque o brilho das cores que vai em minha alma...não torne opaco as cores da sua vida!!

Confesso que sempre achei a quaresma um tempo triste, mas hoje o tempo quaresmal me revela oportunidades...me encanta, porque a sensação é que tenho uma chance de começar de novo.

Bate a lembrança do que é imortal em mim e a certeza de que não nasci pronta...venho me fazendo...por vezes preenchida de virtudes, outras vezes nem tanto.

Preciso de coragem para encarar e aperfeiçoar a corroída construção do “ego inflado” pelas coisas e desejos que o mundo imprime em mim!

Quaresma é tempo de recordar a minha e a sua condição humana...ou desumana. Tempo de tom menor, de silenciar e olhar para dentro. Preciso ouvir (e você também) o que minha (e a sua) alma tem para contar, afinal o mundo fala tão alto que esquecemos de ouvir aquilo que é essencial.

O meu coração inquieto tem sede da sabedoria divina, preciso descobrir o “tempero que Deus coloca nos acontecimentos”...todos os dias e a cada dia!

“A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo” – Salmo 42,2

Tenho sede do Deus vivo em cada pessoa que encontro (no real ou no virtual)...tenho sede da alegria do dia a dia, do afeto vivido, do trabalho com compromisso, do sorriso diário que me faz forte e traz saúde para o corpo e para a alma. Tenho sede de Ti meu Senhor e meu Deus!!

Tenho sede de Ti, Senhor, em cada coisa saboreada e vivida com as marcas da eternidade! Nessa quaresma quero ir além...quero contemplar a Sua face na minha face, o Seu olhar no olhar do outro. Quero buscar respostas para transformar o meu mundo e, assim, poder fazer feliz os que estão caminhando comigo nesta festa chamada VIDA!!

Isso é quaresma para mim...um tempo para fazer a diferença! Tempo de olhar ao redor, perceber as necessidades desse mundo, buscando transformar as tristes realidades do nosso cotidiano, para, então, alcançar algo maior que as nossas próprias vontades.
Se você tem um coração inquieto, se deseja ir além, faça dessa Quaresma um roteiro de viagem para o seu fascinante mundo interior, mas não se esqueça do ESSENCIAL: você deve estar MUITO bem acompanhado(a)...clame a presença do Espírito Santo e busque estar em silêncio, pelo menos meia hora no dia, porque no tesouro encontrado no silêncio....

Alargamos o espaço entre as nossas inquietações e as respostas tão procuradas...
Analisamos, esperamos...
Calamos para escutar, para olhar, para aprender...
Guardamos o silêncio para conservar em nosso coração aquilo que faz tanto bem...
No silêncio da alma, anseio que você encontre seus sonhos no olhar misericordioso DaquEle que tudo criou!!


Desejo um santo tempo de Quaresma para você...um tempo repleto de encantos e re-descobrimentos daquilo que é essencial em sua vida!

Abraços sedentos do Deus Vivo!

Fátima Regina

Obs: Esse texto foi inspirado na introdução do Retiro Popular 2010, “Tenho Sede”, de Dom Alberto Taveira Corrêa, publicado pela Editora Canção Nova. Já comprei o meu!!

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

DENTRO DE MIM...

Dentro de mim vai uma criança que espia o mundo com olhos de aprendiz...
Vai a esperança nos valores éticos e o desejo de estar em harmonia com a fonte inesgotável do universo
Vão sonhos adormecidos que me fazem adiar a vida, por ter medo de seguir
Vão devaneios acelerados que me colocam em movimento, por vezes na direção errada
Dentro de mim vai uma mãe, cujo amor transborda da alma
Vai um coração inquieto, que deseja amar na medida certa
Um coração que se perde e se encontra por amar o amor sem medidas
Vai uma mulher, em busca de ser e de sentir com sublimidade
Vai um suspiro profundo de uma imensa saudade...saudade com raízes fora do tempo...raízes na eternidade
Dentro de mim vai um pássaro ferido, preso às amarguras das dores sentidas
Vai uma águia de asas douradas, alçando vôo para a liberdade e voltando, sempre, ao aconchego do seu ninho
Vão canteiros de flores do campo e uma brisa soprando serena, silenciosa
Vai a ventania da paixão pela vida e a alegria do encontro diário
Vai a paz de um sorriso
Vai a pureza de um olhar, fluindo do fundo da alma para a superfície do eterno
Dentro de mim vai também uma garotinha assustada, vivendo pedaços de solidão, na busca do silêncio revelador da essência divina que há em cada um
Sou um pouco a mansidão de um lago e outro pouco a veloz ansiedade de um rio turbulento, que corre para o mar infinito
Estou a caminho e, nessa jornada, te encontro e te chamo...
Ei você! Vamos, juntos, espiar, com olhos de aprendiz, a vida que clama..clama pelo bem que há em nós...bem que poderá transformar este mundo no paraíso...
Paraíso que nos foi dado, um dia, pelas mãos daquEle que nos fez a Sua imagem e semelhança...


Abraços no coração!!

Fátima Regina

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

TEOGRAFIA...RECORDATÓRIO DE QUEM AMA!




Recordo o tempo com doce saudade...
Saudade de casa de vó, com gosto dominical
Casa abarrotada de gente...pais, avós, irmãos, primos, tios...
Família reunida na varanda feita de madeira
Vida simples e feliz!
Recordo com alegria o tempo de ver minha mãe grávida
Tempo de esperar com esperança
A vinda daquelas pessoinhas lindas
Pessoas, com as quais aprendi a arte de cuidar com muito cuidado... meus irmãos...

Trago recordações do semblante sério e preocupado do meu pai. Honestidade e retidão de caráter que não me deixam esquecer quem eu sou e pra onde vou.

Recordo, com um suspiro dobrado, o tempo da adolescência
As brincadeiras dançantes com gosto de “pecado”
“Pecado” lavado com pureza
Brincadeiras de uma alma criança que despertava para a vida.

Recordo o tempo da busca pela paixão
Paixão que se tornou amor perseverante
Amor que se transformou em duas lindas flores...meus filhos
Trago em mim a doce suavidade do sabor de ser mãe...de ver, admirada, o milagre acontecendo no ventre inflado de amor.

Recordo cada momento em que o meu olhar viu nascer outras flores
Flores que adornam o jardim da minha história...meus sobrinhos, meus priminhos...
É beleza demais, que me faz recordar...

Guardo em minha alma tantas lembranças...
Recordatório de quem se alimenta de amar
Marcas de quem tem sede do infinito
Estigmas de quem tem a eternidade como fiel guardiã dos sonhos mais bonitos

Guardo um tempo de olhar o sol poente
A cada noite a saudade do amor sentido
E a lamentação do amor re-sentido

Liberto minha alma de tantas tristezas...
Recordatório de quem bebe da Fonte Criadora
Guardo um tempo de olhar o sol nascente
A cada dia a espera da utopia
A espera de poder encontrar o sorriso do Pai
Pai que me olha de um jeito sereno
E fala baixinho: Coragem! Eu estou nessa com você!
Então, fecho meus olhos e sinto o abraço de Deus!

Meu Senhor!
Nunca me deixa esquecer dos Seus sonhos
É pra lá que eu quero ir!
Espalhando rastros de céu no meu caminhar
Recordando os Seus sinais de eternidade em mim...

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

LIVRES DAS AMARRAS DOS MEDOS QUE NOS PARALISAM...PRONTOS PARA A MISSÃO!!


Os evangelhos nos mostram os encontros de Jesus com pessoas que se encantavam e se sentiam atraídas por aquele Homem/Deus. Pessoas que carregavam os pesados fardos das suas vidas e, assim como nós, precisavam de alívio.

Podemos ouvir Jesus nos dizendo assim: “Vinde a mim todos vós que estão cansados e Eu vos aliviarei”. Ele tem a capacidade, incrivelmente humana e divina, de tirar os que estão perdidos na multidão e de colocá-los na mira do Seu olhar. A serenidade desse momento faz nascer a certeza de que tudo pode ser mudado...vida nova florescendo em meio às tribulações e pânicos desse mundo.

Precisamos nos libertar desses tempos de medos, procurando o olhar de Jesus que insiste em nos fazer ver tudo de outro jeito...precisamos colocar as lentes da esperança cristificada.

Então, contemple...Jesus tira você da multidão, chama para pertinho dEle...olha no fundo dos seus olhos e diz, na voz do poeta: “Olha pra mim, não diga nada, nos seus olhos vai nascer a madrugada”. Essa é a promessa de um Deus que lhe quer na mais plena serenidade...tudo está na mais perfeita ordem, a tranqüilidade que guarda as madrugadas da sua vida garante o seu equilíbrio.

É como diz o Pe Fábio de Melo...nos tempos dos nossos medos e inseguranças, precisamos de alguém com o “olhar da madrugada” para sentir segurança e aliviar os pesos. E, mais importante ainda, é urgente que tenhamos o olhar de Jesus para o outro...é necessário que possamos nos despir de toda indiferença para entrar no tempo daqueles que estão precisando de nós e, simplesmente, dizer: eu estou aqui, nessa sua dor eu seguro a sua mão...não tenha medo!

Acho que amar é isso...eu busco diminuir o medo que há em você e você atenua as cargas dos meus temores. Por isso digo para você...sem medo de errar...


Levanta os olhos para o céu
Dá a sua mão...prometo não soltá-la
Os medos clamam por algum alívio
Ofereço o meu abraço...real e virtual
É pouco, mas é o que eu posso e quero dar
Reveste sua vida de leveza
Mais uma porta se abriu...
Sonha de novo, levanta e caminha...cumpre a sua missão
Retomemos a proposta inicial:
Vamos seguir, juntos, intercedendo ao nosso Deus da esperança, rumo a um outro mundo possível, por meio do meu e do seu compromisso em transformar a realidade!!
Eu acredito nisso...e você???

Abraços fraternos!

Fátima Regina
Pessoal, este texto foi elaborado a partir da pregação do Pe Fábio de Melo..."Medos Contemporâneos"

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

QUAIS AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS NA SUA VIDA?

Ano novo, década inaugurada...quais as mudanças necessárias na sua vida?
No começo de um novo tempo, podemos mudar os aspectos que não estão satisfazendo em nossa vida. Na verdade, podemos mudar a qualquer momento! Mas tudo tem que ser bem refletido...o que você precisa e quer fazer diferente nessa nova década que se inicia?
Eleja os pontos a serem modificados: pode ser a sua carreira profissional, a sua vida sentimental, as suas relações familiares, a sua busca espiritual, a sua forma de se alimentar, entre tantas outras coisas importantes para sua qualidade de vida.
Mude o seu jeito de amar (ou não amar) os que são próximos e também aqueles que estão afastados da sua vida...mude a sua forma de ver os problemas e dificuldades. Mude o seu olhar sobre aqueles que te trazem tanto mal estar...mude!
Mude o seu jeito de ser...para poder ser do jeito de Deus! Esse é um detalhe essencial no caminho do sucesso em suas mudanças!
Parece difícil? A mudança está muito distante da sua realidade? Você pode até me dizer: eu não sou capaz disso, nada me sensibiliza e me faz mudar! Eu insisto: pelo menos tenta mudar...é preciso tentar viver de outra maneira...quem sabe vai ser melhor?!
Pensa comigo: se alguém precisa percorrer 10.000 quilômetros, o que deve fazer? Precisa dar o primeiro passo, caso contrário não alcançará a meta. Comece a dar os passos em direção ao horizonte...a realização dos seus sonhos pode estar logo ali, na esquina da boa vontade, cruzando com a rua da perseverança.

“Somente o passo em direção ao novo nos garante a felicidade das surpresas”
(Pe Fábio de Melo)

Queres ser grande? Perguntava Santo Agostinho, então, comece pelas coisas pequenas...

Comece pelas coisas mais simples...um bom dia, dado com um sorriso, é um ótimo começo!Comece o ano mudando...controle o que em você ainda é sombra...não dê espaço para o mal se estabelecer em suas palavras e no seu olhar. Seja um parceiro do bem...acrescente doses abundantes de gentilezas no seu dia a dia...seja mais educado(a), mais alegre, mais amável...o mundo precisa disso!! Você precisa disso para ser mais feliz!

Abraços desejosos de boas mudanças!

Fátima Regina

PS: Meus queridos, este texto foi escrito a partir das palavras do Pe Fábio de Melo, no Programa Direção Espiritual, Canção Nova, do dia 07/01/2010. Canção Nova, uma obra de Deus!